Crédito consolidado Santander vale a pena? Review 2024

informações verificadas

verificator-profile-picture-profile-picture

Informações verificadas por  Adeline Harmant

Nossos artigos são escritos por especialistas em suas áreas (finanças, comércio, seguros, etc.) cujas assinaturas você verá no início e no final de cada artigo. Eles também são revisados ​​e corrigidos sistematicamente antes de cada publicação e atualizados regularmente.

Conheça a metodologia
author-profile-picture
Alexandre Desoutter Atualizado em Junho 23, 2023

O crédito consolidado Santander é um tipo de crédito pessoal disponibilizado pelo banco Santander Totta. É uma de várias alternativas de créditos consolidados em Portugal, por isso convém perguntar: vale a pena?

Para perceber o valor de um crédito consolidado, um potencial cliente deve primeiro reunir o máximo de informação possível. O crédito está disponível para não-clientes ou destina-se apenas a clientes? Qual é o montante mínimo e máximo disponível? É possível amortizar o crédito?

Neste artigo, vamos responder a todas estas questões e muito mais com uma análise a fundo do crédito consolidado Santander. Para já, fique com algumas informações-chave:

Informações-chave

  • Montante até 75.000€
  • Pagamento de 24 a 84 meses
  • TAN de 8,5%
  • TAEG de 10,8% a 13,9%
  • Adesão rápida em menos de 24 horas
  • Disponível online até 50.000€

Crédito consolidado Santander: qual é a nossa opinião? (Junho 2024)

Existem muitas instituições financeiras portuguesas que facultam pacotes de créditos consolidados, mas o Santander Totta crédito consolidado só se encontra disponível na forma de um crédito pessoal. Ou seja: o Santander não faculta um crédito específico com a finalidade de agrupar várias linhas de crédito, mas apenas um crédito pessoal que pode ser utilizado para vários fins.

Contudo, o Santander aceita transferências de créditos pessoais de outros bancos, sendo apenas necessário dirigir-se a um balcão para concluir o processo. Os clientes Santander têm a possibilidade de finalizar o pagamento de créditos pedidos noutros bancos recorrendo às condições potencialmente mais vantajosas do crédito pessoal Santander.

Os créditos pessoais são normalmente atribuídos com um objetivo. Assim, um crédito pessoal com a finalidade de poupar numa linha de crédito previamente adquirida junto de outra instituição financeira pode ser considerado um crédito consolidado.

Face a outras opções, o Santander Totta destaca-se pela celeridade de adesão, pela sua TAN atrativa, e pelo excelente número de serviços e acompanhamento online. Infelizmente, o montante máximo que pode ser pedido online é de apenas 50.000€.

Ao contrário do maioria dos créditos de consolidação em Portugal, que aceitam pedidos de clientes até aos 75 anos, o crédito do Santander não se encontra disponível para cidadãos com mais de 72 anos. Em caso de incumprimento, é aplicada uma taxa de juros de mora a partir de 0,5%.

Estas são as principais vantagens e desvantagens deste produto financeiro:

  • Adesão fácil e rápida
  • Aceita transferências de outros bancos
  • Disponível online na aplicação e NetBanco Santander
  • TAN de 8,5%
  • Crédito online limitado a 50.000€
  • Apenas para clientes com menos de 72 anos

Antes de escolher a oferta do Santander, compare os créditos consolidados de outros intervenientes no mercado:

Comparar os melhores empréstimos consolidados em apenas alguns cliques

Eu comparo

O que é o crédito consolidado Santander?

O Santander Totta, também conhecido apenas como Santander, é um banco português que atua como uma subsidiária do banco espanhol Santander. Está presente em território nacional desde 1988 e conta com uma capitalização de ativos superior a 53€ mil milhões.

Para além de ser uma das instituições financeiras com maior presença online em Portugal (contando com mais de meio milhão de clientes digitais), o Santander é ainda responsável por mais de 530 balcões físicos e 2.400 caixas de multibanco, inaugurados um pouco por todo o país.

O Santander disponibiliza vários produtos financeiros aos seus 4.7 milhões de clientes, entre os quais se encontram contas à ordem, depósitos a prazo, planos de reforma, planos de investimento, cartões de débito e crédito, e seguros.

Além disso, o Santander também conta com linhas de crédito pessoal, habitação, e automóvel. O crédito consolidado Santander Totta integra o crédito pessoal Santander.

O Santander aceita transferências de créditos pessoais de outros bancos, mesmo que estes ofereçam condições menos favoráveis.

Quais são as vantagens de um crédito consolidado?

Um crédito consolidado é um tipo de crédito em que as prestações mensais de vários créditos podem ser agrupadas num só lugar. Os créditos consolidados são um género de crédito pessoal que permite a pessoas com múltiplas linhas de crédito obter taxas de juro mais favoráveis, mensalidades mais baixas, e (por vezes) financiamento extra para dois ou mais créditos em dívida.

Consolidar créditos é extremamente útil não só para pessoas que tenham dificuldade em pagar todas as prestações mensais dos seus créditos atuais, mas também para pessoas que desejem encontrar uma solução mais simples para gerir as suas finanças. Como várias mensalidades são consolidadas numa só, este tipo de crédito é menos burocrático, exige menos papelada, e acaba com dores de cabeça desnecessárias.

Contudo, nem tudo são rosas no mundo dos créditos consolidados: como estes geralmente exigem prazos de pagamento mais alargados (uma das condições necessárias para obter taxas de juro mais vantajosas), podem acabar por ser mais caros a longo prazo. O MTIC de um crédito consolidado é muitas vezes superior àquele que resultaria da combinação do custo total dos vários créditos agrupados.

Estas são as principais vantagens e desvantagens dos créditos consolidados:

  • Taxas de juro mais baixas
  • Maior controlo sobre as finanças pessoais
  • Mensalidades mais acessíveis
  • Simplicidade de processos
  • Prazos de pagamento bastante alargados
  • MTIC superior

Bom saber

Pedir um crédito consolidado também é, por norma, extremamente simples. O processo de adesão pode ser completado em menos de 24 horas mediante a apresentação de documentação online: tudo sem sair de casa!

Como pedir o crédito consolidado Santander Totta?

Para pedir o crédito consolidado Santander basta aceder à aplicação ou ao portal NetBanco do Santander. Todos os pedidos também podem ser realizados por via de contato telefónico ou num balcão físico.

Os pedidos online (por aplicação ou NetBanco) não se encontram disponíveis para montantes acima dos 50.000€.

Antes de concluir o pedido, conheça as principais alternativas com o comparador HelloSafe:

Comparar os melhores empréstimos consolidados em apenas alguns cliques

Eu comparo

Documentos necessários para fazer o pedido

Para realizar um pedido de crédito, é geralmente necessário criar uma conta Santander Totta e dispor de uma senha de acesso para a aplicação ou portal online do banco. Os seguintes documentos podem ser submetidos online.

Tipo de documentoClientes com contaClientes com o ordenado domiciliado
Cartão de cidadão
Comprovativo de morada
Últimos 3 recibos de vencimento
Declaração de IRS
Declaração de vínculo laboral
Comprovativo de IBAN
Mapa de responsabilidades do Banco de Portugal
Todos os documentos necessários para pedir um crédito consolidado no Santander.

Caso um cliente submeta os seus 3 últimos recibos de vencimento, a declaração de IRS passa a não ser necessária (e vice-versa). Para domiciliar o ordenado junto do Santander Totta, é primeiro preciso abrir uma conta no banco.

Pedir seguro de crédito (facultativo)

O pedido de crédito consolidado pode ser acompanhado de um pedido facultativo de seguro de crédito. O seguro de crédito Santander Totta tem a duração mínima de 6 meses e a duração máxima de 8 anos e oferece cobertura completa (liquidez total da dívida) em caso de morte e invalidez.

O seguro de crédito pessoal do Santander também inclui um plano de proteção que abrange situações de incapacidade temporária absoluta, desemprego involuntário, hospitalização, e salários em atraso. Nestes casos, o plano de proteção fica ativo entre 7 a 90 dias e prevê o reembolso total das mensalidades até 1.700€.

Requisitos para o pedido

Para pedir o crédito consolidado Santander consumer, é necessário corresponder aos seguintes requisitos:

  • Ter entre 18 a 72 anos
  • Ter residência em Portugal
  • Ter o nome limpo no Banco de Portugal
  • Ter um saldo bancário positivo
  • Ter uma situação profissional estável
  • Ter uma taxa de esforço de crédito razoável

Atenção!

A idade máxima para pedidos de crédito consolidado no Santander é de 72 anos. Contudo, esta é calculada com base no fim do pagamento das prestações. Ou seja: um cidadão de 71 anos, por exemplo, não pode pedir um crédito com o prazo de pagamento de 3 anos porque este teria mais de 72 anos aquando a conclusão do pagamento de todas as prestações.

Calcular a taxa de esforço do crédito consolidado Santander

Uma taxa de esforço de crédito razoável é um dos requisitos da adesão ao crédito consolidado Santander Totta. Contudo, em que consiste a taxa de esforço de um crédito? E como é que esta pode ser calculada?

A taxa de esforço de crédito é definida com base na relação entre o custo da prestação mensal de um crédito e o rendimento mensal do titular de um crédito. O rendimento mensal também pode ser calculado com base em todo o agregado familiar, caso tal seja aplicável.

Para calculcar a taxa de esforço, basta dividir os encargos mensais (a soma de todas as prestações, incluindo custos relacionados com outras linhas de crédito) pelos rendimentos mensais (ordenado do titular ou agregado familiar) e multiplicar o resultado por 100. Segundo o Santander, uma taxa de esforço de crédito razoável deve ficar abaixo dos 50%. Idealmente, não deve ultrapassar um terço (33%).

Antes de finalizar um novo pedido de crédito, investigue as alternativas e escolha aquela que melhor se adequa às suas necessidades. Para encontrar opções potencialmente mais vantajosas, consulte outros créditos consolidados em Portugal.

Qual o montante máximo para pedir crédito consolidado Santander?

O Santander crédito consolidado tem com um montante máximo de 75.000€ e um montante mínimo de 1.500€. O prazo de pagamento do crédito situa-se entre os 24 e os 84 meses.

Bom saber

Valor máximo: 75.000€

Valor mínimo: 1.500€

Prazo de pagamento máximo: 84 meses

Prazo de pagamento mínimo: 24 meses

Em Portugal, pode encontrar créditos consolidados com financiamento até 120.000€ e prazo de pagamento de 120 meses. Antes de contratar um empréstimo mais elevado, aprenda sobre as melhores soluções de crédito consolidado 120 meses de 2024.

Quanto tempo demora a aprovação do crédito consolidado Santander?

Não é preciso esperar muito tempo para receber o depósito associado ao crédito consolidado Santander Totta. Segundo o próprio banco, a aprovação do crédito pode ser concluída em poucos minutos, principalmente se o pedido for realizado online.

Ainda que possam existir exceções (para pedidos realizados ao fim de semana, por exemplo), a aprovação de crédito do banco Santander demora menos de 24 horas.

Crédito Consolidado Santander: quais são as taxas e comissões?

Ao pedir qualquer tipo de crédito pessoal ao Santander, é importante definir uma finalidade para o mesmo para evitar pagar uma TAEG mais elevada.

Os créditos consolidados do Santander contam não só com taxas fixas como com taxas variáveis (condicionadas pela taxa Euribor). Escolher entre um pedido de crédito com taxas fixas ou um pedido de crédito com taxas variáveis nem sempre cabe ao cliente e implica custos diferentes. A TAEG de um empréstimo com taxa fixa é inferior à de um empréstimo com taxa variável. Contudo, os pedidos de crédito realizados online têm, à partida, taxas fixas.

Estas são as taxas e comissões do crédito consolidado do Santander Totta (aplicáveis a todos os tipos de crédito pessoal):

Nome da taxa ou comissãoAplicável?Valor
Comissão de abertura
TAN
8,5%
TAEG
10,8% a 13,9%
Taxa de amortização
Até 0,5%
Taxa de juros de mora
Não fornecido
Todas as taxas e comissões do Santander Totta crédito consolidado.

A comissão de abertura é uma comissão que alguns bancos usam para justificar os custos administrativos da abertura de um novo crédito. Esta comissão não é cobrada pelo Santander.

A TAN (Taxa Anual Nominal) refere-se ao valor anual dos juros do empréstimo, enquanto a TAEG (Taxa Anual Efetiva Global) representa o custo anual do empréstimo para o cliente.

A taxa de amortização é um valor cobrado aos clientes que queiram pagar os seus empréstimos antecipadamente. Caso falte 1 ano ou mais para a conclusão do pagamento do empréstimo, o Santander aplica uma taxa de 0,5% sobre todos os processos de amortização de crédito pessoal. Os pedidos de amortização de dívida no Santander devem ser feitos com 30 dias de antecedência.

As taxas de juros de mora são taxas exigidas em caso de incumprimento.

Como fazer uma simulação de crédito consolidado Santander?

Simular um crédito antes de fazer um pedido é fundamental, já que lhe permite adequar o montante e o prazo de pagamento do empréstimo à prestação mensal que mais se adequa às suas necessidades.

Fique com três exemplos de simulações de crédito:

  • Montante: 40.500€
  • Prazo: 54 meses
  • TAN: 8,5%
  • TAEG: 13%
  • Prestação: 911,76€
  • Montante: 8.000€
  • Prazo: 24 meses
  • TAN: 8,5%
  • TAEG: 13,9%
  • Prestação: 364,89€
  • Montante: 70.000€
  • Prazo: 84 meses
  • TAN: 8,5%
  • TAEG: 10,9%
  • Prestação: 1.120,56€

Ao contrário do que acontece com a maioria dos créditos consolidados, a TAN do crédito Santander mantém-se sempre nos 8,5% independentemente do montante pedido ou do prazo de pagamento. A TAEG continua a ser relativa.

Como contactar o Crédito Consolidado Santander?

Estes são os principais contactos do crédito consolidado Santander:

  • Contacto telefónico (menos de 70 anos): 217 807 364
  • Contacto telefónico (mais de 70 anos): 217 807 372
  • E-mail: [email protected]
  • Balcões físicos: várias localizações

Para escolher o melhor crédito consolidado e poupar dinheiro, compare as ofertas em linha:

Comparar os melhores empréstimos consolidados em apenas alguns cliques

Eu comparo
Gostou deste artigo?
author-profile-picture/
Alexandre Desoutter
hellosafe-logo
hellosafe-logo

Alexandre Desoutter trabalha como editor-chefe e chefe de relações com a imprensa na HelloSafe desde junho de 2020. Formado pela Sciences Po Grenoble, trabalhou como jornalista por vários anos na mídia francesa e continua colaborando como colaborador a várias publicações.

Neste sentido, a sua função leva-o a realizar um trabalho de orientação e apoio a todos os editores e colaboradores da HelloSafe para que a linha editorial definida pela empresa seja integralmente respeitada e declinada através dos textos publicados diariamente no nossas plataformas.

Como tal, Alexandre é responsável por implementar e manter os mais rígidos padrões jornalísticos dentro da equipe editorial da HelloSafe, a fim de garantir a informação mais precisa, atualizada e especializada possível em nossas plataformas. . O Alexandre, em particular, empreende há dois anos a implementação de um sistema de dupla verificação sistemática de todos os artigos publicados no ecossistema HelloSafe, capaz de garantir a máxima qualidade da informação.